CÂNCER CANINO

QUAIS OS SINTOMAS?

 

EXCLUSIVO | MAIS de 25% dos cães terão câncer nos EUA. Sendo que metade deles irão morrer em consequência da doença. Dados como esses, divulgados pela National Canine Cancer Foundation (Fundação Nacional do Câncer Canino) nos EUA, são assustadores para qualquer dono de cachorro. A doença, que também mata um grande número de humanos (cerca de 1.600 por dia só nos EUA, segundo a American Cancer Society), pode ser ainda mais cruel nos cães. Isso porque dificilmente um cão demonstra que está doente antes do ponto avançado da doença. “Por sua natureza, ele normalmente esconde que está doente ou com dor, porque na natureza os mais fracos são mortos”, explica o presidente da Fundação Nacional do Câncer Canino, Gary D. Nice. No entanto, se o dono ficar mais atento ao comportamento do bicho pode perceber que há algo errado, afirma Nice.

 

Quais são os tipos mais comuns de câncer  e quais raças têm maior chance de desenvolver a doença?

Gary D. Nice: Em geral, o câncer mais comum é o Linfoma (que se origina de um tipo de glóbulo branco chamado linfócito). Mas o Hemangiossarcoma (tumor vascular), assim como o Osteosarcoma (câncer nos ossos), o Mastocitomas (tumor cutâneo) e o Melanoma (na pele) também estão entre os mais comuns. Algumas raças, como Golden Retriever, Boxer, Flat Coated Retriever, Pastor Alemão e Bernese Mountain Dog são mais suscetíveis  e cerca de 75% dos animais dessas raças irão morrer de câncer.

Como o dono pode perceber que o cão está doente?

Gary D. Nice: O dono precisa ser pró-ativo. Ele conhece o comportamento do seu cãe e pode perceber se há algo errado. Por exemplo, se  não quer sair para passear ou brincar, se está dormindo demais ou longe de todos. Além disso, alguns sintomas são recorrentes:

 

• Inchaços anormais que persistem ou continuam a crescer

• Feridas que não cicatrizam

• Perda de peso ou apetite

• Sangramento ou qualquer tipo de secreção

• Odor forte

• Dificuldade de comer ou engolir

• Hesitação ao se exercitar ou perda de resistência

• Cãibra persistente ou rigidez

• Dificuldade em respirar, urinar ou defecar

Em caso de sintomas similares, procure orientação de um médico veterinário.

ADQUIRA AGORA OS NOSSOS PRODUTOS

COMPRAR.png
logo-meperdi-branco.png
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter

2016 © MePerdi. Todos os direitos reservados.